[STORYTELLING TIPS] “3 coisas que aprendi narrando RPG” por Thais Petunya

Missão dada é missão cumprida…

O Guten (Meu namorado ❤), me intimou a escrever 3 coisas que aprendi com o RPG. Como não tenho tanto tempo de experiência como meus companheiros da Roleplayers, talvez esse post seja pra você. Sim pra você! Você que, assim como eu, está começando a narrar e tem um certo receio com o RPG, sabe?

1. Não tenha medo.

O medo de errar, de montar uma aventura e as pessoas não gostarem, de esquecer alguma regra, de interpretar um personagem…

untitled

O bom do RPG, é que ele deixa você criar o que quiser e achar interessante. Te dá liberdade, te deixa mais criativo. Os seus sonhos mais loucos, podem virar a melhor aventura da sua vida.

2. Não se apegue às regras.

No meu primeiro evento, o Cobbi me disse assim: olha, não importa se você não sabe de tudo, a regra de ouro para começar a narrar RPG é: se divirta, porque se você se divertir seus jogadores também se divertirão. Pura verdade.

untitled (2)

Tá certo que você tem que ter uma boa base das regras, afinal isso ajuda muito, mais não fique horas e horas lendo livros e mais livros, decorando cada milímetro deles (a não ser que você goste, hehehe). Simplesmente narre com o coração, com paixão. Você passa isso para os seus joagdores e eles se fascinarão pelo RPG, como você se fascinou.

3. Se prepare para não estar preparado.

Vai ter sempre aquele jogador que vai fugir totalmente do foco da sua historia: tendo um ideia fantástica, fazendo uma interpretação incrível, surpreendendo com uma solução impensada!

E você como mestre tem que ter todo aquele jogo de cintura para levar a aventura da melhor maneira o possível; usando isso ao seu favor!

imagesQX18Z5P8

Em pouco tempo aprendi muito tanto com os meus players, quanto com os mestres da ROLEPLAYERS, e sou o que sou hoje graças a vocês.

10418302_842321062486377_3019209377995585488_n

10543618_804385969613220_1192624569683117998_n

 Agora é minha vez de desafiar!

Entram na roda a nossa linda bruxinha Liz, o nosso querido Palada e o sempre animado taverneiro André!

Author: Thais Petunya

Share This Post On

2 Comments

  1. :,-)…
    Espera deixa eu primeiro limpar meus olhos lacrimejados…
    Ver a evolução de um narrado de RPG é coisa mais fantástica….
    Parabéns Thais Petunya, ver a sua evolução está sendo simplesmente o máximo….. Orgulhoso.

Submit a Comment