[STORYTELLING TIPS] “3 coisas que aprendi narrando RPG” por Guten Mooz

Ok, Bruno Cobbi. Desafio aceito.

Eu realmente queria algum lugar para poder passar essa minha experiência em ter narrado esse período no projeto #vemjogarRPG.

Bom vamos lá.

1. Coloque em prática aquela ideia que você julga “mais idiota”.

Uma coisa que o projeto #vemjogarRPG me ensinou é que temos que apostar nas ideias mais malucas que temos em mente. Naquelas que você vira e pensa “nossa que coisa louca… Será que os jogadores iriam gostar? Hum, acho que não…”

10_thumb10

…é algumas idéias… Não.

Acredite: eles podem gostar.

Coloque em pratica. Teste. Você vai surpreendê-los e pode ser que surja uma experiência de jogo única.

Exemplo

Fui assistir o filme Piratas do Caribe no cinema. Numa cena, um dos navios acerta outro navio na lateral, que fica à deriva, sem sustentação para a vela ser amarrada. Aí pensei “bem que os tripulantes poderiam se juntar para tentar segurar a vela, né? Hum, isso ficaria legal numa aventura!” Aí colocamos uma pitadinha de um elemental da água e pronto! Eles precisariam tentar usar as velas do navio para combater ou fugir do elemental!

Mais que droga até parece que alguém iria gostar disso…

Passou o tempo e por causa do enredo no projeto #vemjogarRPG, apareceu uma viagem de barco para os jogadores fazerem. Com ela, veio a velha indecisão colocar ou não essa doideira. Resolvi colocar.

VÉI! FOI MTO LOCO!!!

2. O RPG é um mundo de aventuras.

futurama-rpg

Nunca crie só um caminho para que os jogadores possam seguir, sempre pense em um mundo livre, onde qualquer aventureiro possa ir para aonde ele quiser.

Futurama

Não prenda os jogadores num caminho só. Sempre traga opções para eles, coloque aventuras menores com recompensas, armas mágicas, pergaminhos de magias únicas, quebre um pouco as regras.

3. Tenha sempre um plano para atrair a atenção dos iniciantes.

524526_445262018920068_701672497_n

Uma coisa que eu coloquei em prática no projeto #vemjogarRPG: se você tem um jogador entediado em sua mesa, ele passa o tédio para outros.

Da mesma forma, se todos se divertem, todos interagem.

No projeto tínhamos um rodízio de jogadores muito grande, principalmente com iniciantes, pessoas que nunca tinham jogado RPG de mesa na vida. Como trazer essa pessoa para o jogo aonde você tem uma mesa com jogadores todos entrosados e com afinidade?

Bom, eu geralmente dou uma estudada no personagem com que ele irá jogar e penso como poderia trazê-lo para a seção de jogo como uma peça fundamental no enredo. Ou como A PEÇA fundamental para aquela seção de jogo específica.

Isso dá um ânimo danado não só para o jogador como para toda a mesa. Experimente fazer isso na sua próxima seção você vai se surpreender com o resultado.

Lembrando que RPG é diversão para jogadores e mestres. 😉

Bom continuando, hehehe!

Eu desafio convoco para continuarem essa quest o Tales Scafuro, a Thais Petunya e a Bárbara Niens para escreverem três coisas que eles aprenderam narrando lá no projeto #vemjogarRPG!

Share This Post On

Submit a Comment