[RESENHA] O Senhor dos Anéis – A Sociedade do Anel

 

Imagem do ANEL

“Três anéis para os Reis-Elfos sob este céu,
Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores,
Nove para Homens Mortais, fadados ao eterno sono,
Um para o Senhor do Escuro em seu escuro trono
Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam.
Um Anel para a todos governar, Um Anel para encontrá-los,
Um Anel para a todos trazer e na escuridão aprisioná-los
Na Terra de Mordor onde as sombras se deitam.”

“O Senhor dos Anéis” uma das trilogias literárias mais lidas no mundo, traduzida para mais de 40 idiomas e com uma das adaptações cinematográficas que mais recebeu prêmios.
A primeira obra dessa trilogia – “A Sociedade ou Irmandade do Anel”.

Poster1

Comecei a conhecer as obras do J. R. R. Tolkien depois de jogar RPG com cenário medieval (Dungeons & Dragons) e posso afirmar que foi uma descoberta F E N O M E N A L!!!
Como em uma sessão de RPG, esse conto da Saga do Anel, inicia a aventura reunindo e formando o grupo de heróis. Tanto no livro quanto no filme, fica claro a mecânica de construção para formação de um grupo aventureiro.
Frodo, um hobbit jovem, cansado de viver no conforto da sua terra (já comentado na resenha de O Hobbit) e acima de tudo, cresceu sonhando como seria vivenciar experiências já antes vislumbradas pelo seu tio Bilbo Bolseiro, aceitou o convite do Mago em conhecer o mundo além das fronteiras do Condado, e assim como no RPG, começa formar um grupo de aventureiros, junto com Frodo partem seus melhores amigos Sam, Merryn e Pippin.
Aproveito para mencionar um personagem misterioso que teve pouca, mas importante participação nesta primeira parte da Saga do Anel que foi relatada apenas no livro, na minha humilde opinião, uma falha enorme não ter sido inserido no filme. Tom Bombadil e paro por aqui os comentários…
Elementos como amor de irmão pelos amigos, o despertar da coragem em desbravar o desconhecido, enfrentar criaturas que até então só apareciam em cantigas e apresentação da trama, me prenderam de tal forma na leitura que quanto mais lia, mais paginas queria no livro. É claro que a versão cinematográfica não conseguiria acompanhar o tempo de história dos fatos, 03 horas de filme mal conseguiriam representar através de cenas para telona 01 ano de historia, o que dizer de décadas e falo apenas da introdução da grandiosa Saga do Anel – A Sociedade do Anel.
Componentes da Sociedade:
Frodo Bolseiro – Raça Hobbit, sobrinho de Bilbo Bolseiro e portador do Um Anel.
Samwise Gamgee (Sam) – Raça Hobbit, nomeado companheiro de Frodo
Peregrin Took (Pippin) – Raça Hobbit, amigo inseparável de Merry
Meriadoc Brandybuck (Merry) – Raça Hobbit, amigo inseparável de Pippin
Boromir – Raça Humano, filho mais velho de Denethor II, atual Regente de Gondor
Aragorn – Raça Humano (descendência Dúnedain), Herdeiro de Isildur, também chamado de Passolargo (Strider)
Legolas – Raça Elfo, filho de Thranduil o rei da Floresta das Trevas
Gimli – Raça Anão, filho do anão Glóin e descendente remoto de Durin, o Imortal. (Glóin foi um dos companheiros de Bilbo Bolseiro na aventura que se passa em O Hobbit).
Gandalf – O Mago que muito sabe e muito tenta saber sobre a guerra do Anel. Raça… mais para frente vocês saberão.

Bom meus amigos e fãs da Roleplayers, esses são os componentes que formam essa fantástica aventura, agora os convido a ler o livro e se já leu, vamos ler novamente.

lotr1

Author: Allan "Palada" Souza

Share This Post On

Submit a Comment