O que é RPG?

O Role-Playing Game (ou Jogo de Interpretação de Personagens) é um tipo de jogo narrativo e colaborativo que combina uma brincadeira teatral com os jogos de tabuleiro e incentiva a criação de histórias em grupo.


Um dos nossos coordenadores te explica o RPG! (reportagem do Terra)

Como funciona?

No RPG, os jogadores interpretam personagens dentro de uma narrativa imaginária.

rpg

Cada personagem tem habilidades e objetivos específicos que só serão atingidos se os jogadores trabalharem em equipe, explorando as vantagens e desvantagens de seus personagens para combater os desafios que o cenário de jogo oferece e os conflitos que surgem no transcorrer do enredo.

Dessa forma, todo o desenrolar da narrativa num jogo de RPG é definido em conjunto pelos jogadores, conduzidos pelo narrador.

Mesa de Rpg

A boa velha “mesa” de RPG, com o narrador na ponta e os jogadores em volta.

E quem é esse tal “narrador”?

Um dos jogadores assume esse papel, também conhecido como “mestre-de-jogo” pelos veteranos, ou só “mestre” na gíria do jogo. 😀

Cabe ao narrador:

  • Descrever as situações de jogo onde se encaixam os personagens dos demais jogadores;
  • Interpretar todos os outros seres imaginários com quem os jogadores interagem, sejam eles aliados ou inimigos;
  • Por não controlar nenhum personagem definido, é o narrador que atuar como árbitro das regras do jogo, mediando conflitos e ajudando a definir se as ações dos personagens obtêm sucesso ou não;
  • Por isso, também é o narrador que inventa e descreve as consequências das ações de todos os personagens.

Ufa! Quanta responsabilidade né?! 😯

É bastante coisa mesmo.

Ter um bom narrador não garante que a partida de RPG vai ser legal — afinal, isso depende de todos os jogadores, entretanto, quando esse cara é competente, isso aumenta muito as chances do jogo ser mais divertido.

Esse é um dos motivos pelos quais a Roleplayers profissionaliza narradores de RPG.

Além de recrutarmos pessoas verdadeiramente apaixonadas pelo que fazem, ensinamos:

  • Técnicas de narração e descrição,
  • Didática
  • Mediação de conflitos

Tudo para capacitá-los a oferecer jogos mais divertidos aos nossos clientes.

Acredite, faz uma bela diferença. 😉

E aqueles dados estranhos?

Para jogar RPG, basta a imaginação, mais nada.

dados rpg

Acessórios como dados, planilhas, tabuleiros e miniaturas são opcionais.

Contudo, eles ajudam bastante tanto para os jogadores imaginarem o cenário de jogo quanto para definir os sucessos e fracassos dos personagens.

Fora que com um tabuleiro legal e miniaturas chocantes, o jogo fica bem mais bacana, né? 😉

O jogo demora?

Em geral, uma partida de RPG tem entre uma e quatro horas de duração.

Entretanto, as partidas podem acontecer isoladamente ou se encadearem numa sequência de aventuras que funciona de forma similar aos episódios de uma série de TV que seguem rumo a uma temporada completa.

Esse tipo de jogo continuado é chamado de “campanha de RPG”.

E o que o RPG traz de bom aos jogadores?

Além de ser um tremendo exercício de criatividade, o RPG estimula a interação social, raciocínio lógico e trabalho de equipe.

Além de tudo isso, o RPG é uma forma única de produzir experiências narrativas. Os jogadores entram na pele dos personagens e criam histórias marcantes. Esse jogo permite que os participantes se sintam, ao mesmo tempo, autores e espectadores de uma narrativa compartilhada por todos, numa experiência divertida e inovadora.

As regras do jogo são aprendidas através dos livros e a maioria dos títulos de RPG são baseados em clássicos da literatura, como O Senhor dos Anéis, As Brumas de Avalon, O Conde de Monte Cristo e Vinte Mil Léguas Submarinas. Isso estimula muito o contato com a literatura.

Como os jogadores estão sempre em busca de aprofundar cada vez mais a história dos seus personagens, o RPG também incentiva a pesquisa e escrita.

Saiba Mais