Fúria de Príncipes #08: O Gigante, O Pégaso e O Djin

Com o patrocínio da Jambô Editora, toda segunda, 21h, Bruno Cobbi e eu nos reunimos lá no canal hitbox da Roleplayers para trilhar os passos de Colthar e Lothar, dois príncipes gêmeos em busca do trono num dos livros-jogo da Coleção Aventuras Fantásticas! Acompanhando ao vivo, você vota pra decidir a continuidade da aventura e ainda participa do sorteio de um montão de brindes!

Assista os episódios anteriores no YouTube ou leia os resumos aqui no site e confira o que rolou no sétimo episódio e os ganhadores dos prêmios logo a seguir! 😉

“Ó mestre dos mestres! Conseguimos continuar no encalço de nossos intrépidos que estão a disputar a coroa! O valoroso guerreiro, após enfrentar as águas gélidas de um rio caudaloso, conseguiu voltar à terra firme e descansar um pouco para se livrar das roupas quase congeladas pela água e se aquecer em uma fogueira. Depois do merecido descanso ele resolveu trilhar às margens do rio para procurar por seu irmão. O que o nosso guerreiro não esperava é que as margens ficassem instáveis e, não mais que de repente, se tornassem um pântano movediço que o engoliu até os joelhos. Como se isso não bastasse, sanguessugas gigantes o atacaram e começaram a sugar seu sangue. Mas rapidamente ele conseguiu combatê-las derrotando-as e desenterrando suas pernas do pântano macabro. Seguindo sua viagem inspirado pelos deuses ele resolve descer por uma encosta íngreme. Depois de um tempo de descida ele começa a escutar um choro compulsivo e, quando vai procurar pela fonte daquela lamúria, surpreendentemente encontra um pégaso acorrentado e muito machucado. A criatura fantástica lhe conta que é prisioneira de um gigante e que precisa de ajuda para sair dali pois teme a sua morte. Nosso valoroso guerreiro escuta as preces divinas do pégaso sagrado e, muito enfurecido, resolve se esconder e aguardar sorrateiramente pela volta do terrível monstro. O que ele não esperava é que a criatura terrível, ao retornar, conseguisse farejá-lo e atacá-lo em seu esconderijo. Nosso guerreiro, então, trava um combate mortal com o monstro perverso, sofrendo muitos ferimentos graves, porém, sai vitorioso, cravando sua espada no crânio da criatura bizarra. Ao desacorrentar o pégaso maltratado, recebe uma benção divina: o ser fantástico resolve carregá-lo até as planícies abaixo da entrada e poupar-lhe horas de viagem. Ele agradece ao nosso guerreio pela ajuda e parte, deixando-o novamente sozinho para trilhar seu caminho.
Enquanto isso, o feiticeiro segue dentro do castelo do gênio, em uma perseguição implacável em tapetes voadores, cortando o ar pelos corredores macabros da criatura tirana. Infelizmente é uma criatura tão poderosa que zomba dele aparecendo ora na  sua frente, ora nas suas costas, desferindo-lhe socos de surpresa, conjurando bolas de fogo, quase derrubando o nosso feiticeiro de seu tapete e tirando-lhe a vida. Mas felizmente os deuses foram bondosos e guiaram-no através das câmaras. Tentando fugir voltou ao salão onde a jornada começou, passou por um aposento repleto de sílfedes, subiu até o alto de uma torre onde novamente o Gênio apareceu mas resistiu a todos os ataques conseguindo novamente retornar ao salão aonde tudo começo. Aquele lugar é um labirinto, ele logo notou. Nosso príncipe vai precisar de muita astúcia e de toda a sua Fúria para conseguir deixar com vida aquele lugar.”

VENCEDORES DOS SORTEIOS

Cupom de Desconto

  • Lucas-Baruk

Livro

  • Roqnroll

Author: Leandro "Siegfried" Caldarelli

Narrador Fundador e Produtor da Roleplayers. É ator e diretor, apaixonado por RPG tanto quanto pelo teatro e sempre gostou muito de narrar em eventos. É entusiasta de tech art e sommelier de cervejas. Adora HQ's, Mangás, Anime, jogos eletrônicos (principalmente antigos) e jogos de tabuleiro. Narrativista e adepto do roleplay ao extremo, suas mesas geralmente são super imersivas, fazendo os jogadores mergulharem no universo da fantasia.

Share This Post On

Submit a Comment