Fúria de Príncipes #07: A Investida do Morcego Gigante

Com o patrocínio da Jambô Editora, toda segunda, 21h, Bruno Cobbi e eu nos reunimos lá no canal hitbox da Roleplayers para trilhar os passos de Colthar e Lothar, dois príncipes gêmeos em busca do trono num dos livros-jogo da Coleção Aventuras Fantásticas! Acompanhando ao vivo, você vota pra decidir a continuidade da aventura e ainda participa do sorteio de um montão de brindes! Neste episódio contamos com a presença da nova aventureira secreta Liz Oliveira para dar sequência à nossa jornada.

Assista os episódios anteriores no YouTube ou leia os resumos aqui no site e confira o que rolou no sexto episódio e os ganhadores dos prêmios logo a seguir! 😉

“Príncipe! Ó valoroso! Depois de muito vasculhar pelas terras, conseguimos encontrar os rastros de Colthar e voltamos a ter notícias de sua caminhada. Após ficar frente a frente com as velhas tecelãs e ser atacado por elas, nosso bravo foi atordoado e, quando recobrou sua consciência, se encontrava sózinho em meio à uma densa floresta caminhando.
Em meio a uma noite soturna e gélida, de repente escutou guinchos ensurdecedores e, sem que pudesse ter reação alguma, fora atacado por um imenso morcego que conseguira agarrá-lo, levando-o consigo para sua toca no alto de uma montanha.
Por conta da dor lancinante causada pelas garras da imensa criatura e da grande altitude, infelizmente o nosso bravo não resiste ao voô e desmaia no meio do caminho. Quando consegue recobrar sua consciência, suas narinas são invadidas pelos odores malcheirosos da toca da criatura, seus olhos se encontram inutilizados pelo breu do local e seu corpo cansado e bastante castigado pela viajem. Mesmo assim a bravura de nosso guerreiro é maior e ele consegue sobrepujar todas as dificuldades para tatear ao redor em busca de algo que possa ajudá-lo nessa situação. Em meio à palha do ninho da criatura e às muitas carcaças de seres que provavelmente serviram de alimento para aquele horrendo mamífero, Colthar encontra um frasco de poção que provavelmente fora de algum desafortunado que não teve a mesma sorte que ele. Sem pensar muito e seguindo a inspiração dos Deuses, ele abre o frasco, cheira para verificar se não é algum tipo de veneno e, assim que se certifica, vira metade do conteúdo para descobrir seu efeito. Logo em seguida, sente seu corpo adormecer e percebe que o mesmo se encontra invisível! Para aproveitar os efeitos da poção, ele decide se mexer logo e vasculhar a caverna em busca de uma saída, porém, a enorme criatura o encontra com seu sonar e ambos travam uma batalha mortal da qual felizmente nosso guerreiro sai vitorioso. Bastante machucado e cansado, o valoroso resolve se recostar para descansar um pouco e se alimentar. 
Após recobrar suas forças e confiando seu destino nas mãos dos Deuses, o bravo guerreiro se levanta e tateia pela caverna gélida e fedorenta até encontrar uma escadaria que finalmente o leva para fora onde consegue respirar ar puro e avistar um vale recoberto por pinheiros altíssimos. 
Deixando que os Deuses o guiem, ele caminha por muitas léguas às margens de um imenso rio caudaloso. Caminho que fez bastante incomodado e atento, observando muito ao seu redor. Era como se estivesse sendo observado o tempo todo. E foi então que, ao cair da noite, escutou o uivo de uma matilha de lobos muito perto dali, provavelmente ele estava sendo seguido o tempo todo por eles. Inspirado pelos Deuses o nosso herói resolve enfrentar as águas revoltas daquele imenso rio e se atira no no mesmo, se agarrando a um enorme tronco de árvore que quase o acertara na queda. Felizmente a Fúria de nosso príncipe foi tamanha que ele conseguiu se manter assim até que a corredeira se acalmasse.”

VENCEDORES DOS SORTEIOS

Cupom

  • MisterHB

Livro

  • Mago D’zilla

Author: Leandro "Siegfried" Caldarelli

Narrador Fundador e Produtor da Roleplayers. É ator e diretor, apaixonado por RPG tanto quanto pelo teatro e sempre gostou muito de narrar em eventos. É entusiasta de tech art e sommelier de cervejas. Adora HQ's, Mangás, Anime, jogos eletrônicos (principalmente antigos) e jogos de tabuleiro. Narrativista e adepto do roleplay ao extremo, suas mesas geralmente são super imersivas, fazendo os jogadores mergulharem no universo da fantasia.

Share This Post On

Submit a Comment